Território

O Parque das Serras do Porto assume uma posição estratégica na área metropolitana, pelos seus valores naturais e culturais, pelos serviços ecológicos que assegura e pela proximidade face a núcleos urbanos, vias de comunicação e circuitos turísticos.

A vasta bibliografia sustenta de forma inquestionável a sua riqueza patrimonial, salientando-se a singularidade geológica, que nos leva a uma interessante viagem pela Era Paleozoica, os habitats e espécies de flora e fauna com estatuto especial de conservação e os vestígios arqueológicos, que nos permitem compreender a ocupação humana da região, com destaque para a mineração aurífera romana.

Pretende-se uma gestão integrada do território, que procure concertar interesses e alavancar novas e inovadoras formas de promover a interação harmoniosa entre o ser humano e a natureza.

Localização

O Parque das Serras do Porto é composto por seis serras – Santa Justa, Pias, Castiçal, Santa Iria, Flores e Banjas, abrangendo território dos municípios de Gondomar, Paredes e Valongo.
Beneficia da proximidade com grandes centros urbanos mas mantem vivas características bem rurais e serranas. Os vales dos rios Ferreira e Sousa convidam a um certo isolamento em estreito contacto com a natureza, enquanto o efeito miradouro das linhas de cumeada proporciona uma excelente perspetiva do território envolvente.


Diferentes olhares, diferentes vivências, o mesmo objetivo
– em cada visita, uma experiência memorável.Parque das Serras do Porto